O mercado prevê uma adesão cada vez maior ao home office pelas empresas, de pequeno a grande porte, no Brasil e no mundo após a pandemia de coronavírus. Essa mudança na cultura empresarial e corporativa, no entanto, acarreta em outras.

Leia também: Home Office estabelece nova rotina para muitos brasileiros

liderança
iStock
Liderança empresarial será reconfigurada no pós-pandemia

Uma delas é justamente a desvalorização de um perfil de líder que apenas delega e supervisiona tarefas e funcionários. Essa é a projeção da consultoria Futuro S/A , especializada em estratégia e organização de negócios. A tendência principal é que a atuação da liderança mude. Para o trabalho remoto funcionar, é preciso dar autonomia para os funcionários.

De acordo com a consultoria, o perfil de liderança que emergirá no cenário pós-pandemia será mais complexo, capaz de gerar mais desafios para suas equipes e mais conectadas com estratégias de negócio que extrapolem o seu departamento original. 

A medição do trabalho não será a pontualidade que começa o expediente ou a quantidade de horas online. Criatividade, qualidade nas entregas e um pensamento intraempreendedor ganharão mais destaque na liderança no futuro próximo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários