Entre os muitos esforços para mitigar os efeitos perversos da crise do coronavírus sobre a economia brasileira destaca-se a ação do Sebrae que capitaneia um movimento junto a executivos de algumas das principais empresas nacionais – Magalu, Stone, Embelleze, O Boticário, Malwee, Ambev -, que tem por objetivo incentivar a população brasileira a priorizar as compras nos pequenos negócios de bairro. O site do movimento sem fins lucrativos pode ser conferido aqui .

pequenos negócios
iStock
Franquia ou pequeno negócio

Em outra frente, a instituição tem trabalhado também para orientar e capacitar as pequenas empresas para enfrentarem esse momento. A ideia é estimular os empreendedores a impulsionarem a digitalização de seus negócios e a adesão ao comércio eletrônico.

Leia também: Telemedicina é caminho sem volta no Brasil, avaliam especialistas

Foi firmada uma parceria entre o Mercado Azul, vitrine digital de negócios desenvolvida pelo Sebrae, e a Cielo.Por meio da parceria, os donos de micro e pequenas empresas poderão utilizar a solução de pagamento digital Super Link Cielo (que permite ao empresário concluir a venda com o pagamento via WhatsApp), integrando à plataforma a Loggi, para a entrega dos produtos.

Além disso, a parceria com a Cielo prevê o investimento de R$ 5 bilhões para apoio financeiro aos pequenos e médios negócios, com destaque para duas iniciativas: o Receba Rápido, que permite a antecipação de recebíveis em até 2 dias para MPE; eo Receba Mais, que será uma linha de crédito adicional com empréstimos para clientes pré-aprovados.

A empresa Visa (de cartões de crédito) se uniu à parceria Sebrae-Cielo, com o objetivo de atrair compradores para a página do Mercado Azul, por meio da sua base de clientes e de sua página Vai de Visa. A Visa divulgará o Mercado Azul trazendo compradores, enquanto a Cielo focará em trazer mais vendedores. O objetivo é trazer para o mundo digital aquele pequeno negócio que ainda não estava, e conseguir inseri-lo cada vez mais no mercado digital.

* Com informações da Agência Sebrae de Notícias

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários