Região da América Latina e Caribe obtém terceira pontuação média mais baixa no Índice Global de Resiliência no Trabalho de 2022
prnewswire.com
Região da América Latina e Caribe obtém terceira pontuação média mais baixa no Índice Global de Resiliência no Trabalho de 2022

DUBAI , Emirados Árabes Unidos, 17 de fevereiro de 2022 /PRNewswire/ -- A Whiteshield Partners, uma empresa global de consultoria em estratégia e políticas públicas, lançou seu Índice Global de Resiliência no Trabalho (GLRI) de 2022 em colaboração com a CEMS, uma aliança global em educação de gestão (Global Alliance in Management Education).

O GLRI classificou 145 países em termos de resiliência nos mercados de trabalho, políticas e recursos-chave para enfrentar crises, rupturas tecnológicas e transição para uma economia verde.

O GLRI 2022, desenvolvido pela Whiteshield Partners, avaliou quais países estão mais preparados para o futuro do emprego. Juntamente com vulnerabilidades estruturais, o relatório classificou os países por sua capacidade de mitigar crises, recuperar-se, criar empregos e se alinhar com tendências futuras.

Para a América Latina e o Caribe, o relatório revelou que a região tem a terceira pontuação média mais baixa no GLRI. A empresa também recomendou que a desigualdade na região seja considerada para aumentar sua resiliência.  De acordo com o relatório, em média, os países da região deixaram de melhorar suas pontuações de resiliência no mercado de trabalho nos últimos cinco anos. Como resultado, a região teve queda na classificação à medida que outras regiões melhoraram em um ritmo mais rápido.

O vencedor do Prêmio Nobel de Economia, Sir Christopher Pissarides , conselheiro especial e diretor da Whiteshield Partners, disse: "O GLRI avalia a resiliência dos mercados de trabalho e destaca as áreas prioritárias para fortalecer a resiliência. Uma urgência notável é a necessidade de que os setores público e privado trabalhem juntos no desenvolvimento e implementação de reformas políticas estratégicas para enfrentar os impactos de longo prazo de qualquer ruptura nos mercados de trabalho."

Fadi Farra , fundador e sócio da Whiteshield Partners, enfatizou: "Crises como a pandemia da Covid-19 impulsionaram ações decisivas para reduzir lacunas nos mercados de trabalho. Os formuladores de políticas precisam transformar correções temporárias ou de curto prazo em mudanças estruturais à medida que avançamos para a fase de recuperação."

Ronaldo Souza , diretor da Whiteshield Partners, observou: "O relatório revela quais países são mais vulneráveis a choques no mercado de trabalho e rupturas de longo prazo e aqueles que são mais resilientes. Na América Latina e no Caribe, a pontuação média da região reflete a necessidade de uma mudança estrutural de longo prazo para que ela possa superar qualquer tipo de ruptura e aumentar sua prontidão e adaptabilidade em meio ao mundo em constante mudança."

O relatório completo e as estatísticas do país estão disponíveis em www.whiteshieldpartners.com .

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1748002/Whiteshield_Partners.jpg

Para mais informações:

Leia Também

Orient Planet Group (OPG)

Orient Planet Media Relations

Tel: +971 4 4562888

e-mail: [email protected]

Site: www.orientplanet.com

FONTE Whiteshield Partners

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários