Casos de gripe e Covid aumentam em cinco vezes o volume de teleconsultas da DOC24 no Brasil
prnewswire.com
Casos de gripe e Covid aumentam em cinco vezes o volume de teleconsultas da DOC24 no Brasil

SÃO PAULO, 21 de janeiro de 2022 /PRNewswire/ -- Os registros de casos de Covid-19 e da Influenza (H3N2) não param de crescer em todo Brasil. Apesar do 'apagão' de dados no sistema do Ministério da Saúde após um ataque hacker, o número de infectados subiu mais de 700% nas últimas semanas, fazendo com que o país já registre mais casos de Covid nestes primeiros dias do ano do que em todo o último bimestre de 2021.

Com o crescimento dos casos, aumentaram também a busca por teleconsultas. Somente na DOC24 , startup de saúde digital, o volume de acessos aumentou cinco vezes na comparação com dezembro do ano passado, quando eram realizadas quase 200 mil consultas por mês.

Para o Dr Gino Antonio Ichazo, diretor técnico da empresa no Brasil, a atual situação é um reflexo da flexibilização das medidas sociais e das aglomerações causadas pelas festas de fim do ano. "Esse aumento na procura dos atendimentos - não só na telemedicina, como também nos prontos socorros presenciais - era mais que esperado, mas não nessa proporção", alerta.  

Segundo o médico, apesar das altas taxas de vacinação, o volume ainda não é o suficiente para frear uma alta dos casos. "A nova variante da Covid se espalha bem mais rápido, o que faz com que aumente os números de casos. Porém, para nossa sorte, ela é menos letal", completa.

O fato do país atravessar também uma epidemia de gripe paralelamente a pandemia, torna a situação mais preocupante. "As duas doenças têm sintomatologia semelhante, isso faz que sejam empregados mais recursos na testagem. Devemos considerar, ainda, o surgimento da Flurona, que é a coinfecção da Covid com a Influenza, doença que tem o poder de agravar a sintomatologia da Covid", explica.

Leia Também

Com a consequente contaminação de parte das equipes médicas, acarretando mais atrasos nos atendimentos nos postos de saúde, a demanda pelos serviços de telemedicina se tornou natural. "A população aderiu bem a essa modalidade virtual porque o paciente não se expõe de maneira desnecessária num pronto atendimento (PA) presencial, onde o paciente possa se contaminar, de fato, com a doença".

O teleatendimento, além de trazer segurança e distanciamento social, permite uma triagem adequada dos casos leves e moderados (que são uma grande maioria), dos mais complexos. De acordo com o especialista, o paciente deve procurar atendimento médico tão logo perceba os primeiros sintomas, haja vista que apenas o profissional médico é capacitado para reconhecer a gravidade dos sintomas. "Uma anamnese adequada, pode fazer a diferença na evolução e prevenção da doença", concluiu.

FONTE DOC24

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários