Moldávia concentra-se na liderança global em inovação, com o patrocínio de alto nível do presidente e primeiro-ministro e dos países líderes na inovação os Estados Unidos e a Suécia
prnewswire.com
Moldávia concentra-se na liderança global em inovação, com o patrocínio de alto nível do presidente e primeiro-ministro e dos países líderes na inovação os Estados Unidos e a Suécia

CHISINAU , Moldávia, 29 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- O presidente Maia Sandu desafiou os moldavos a "Serem Inovadores" de modo a criar um caminho para um futuro novo e melhor. A Moldávia enfrenta sérios desafios, desde migração e fuga de cérebros até corrupção, disparidade económica e salários baixos; mas os seus líderes veem este momento de digitalização global rápida como uma oportunidade única de aproveitar a inovação e a tecnologia para criar uma economia e democracia prontas para o futuro. "A Moldávia pode não ser abençoada com gás natural, petróleo ou outros recursos. Em vez disso, a Moldávia é contemplada com pessoas talentosas e criativas. Graças a elas, temos um enorme potencial de desenvolvimento que devemos capitalizar. A revolução tecnológica mudou a forma como vivemos, trabalhamos e aprendemos. O futuro não pode ser previsto, mas pode ser criado. Por meio da educação, pesquisa e desenvolvimento tecnológico, podemos transformar a Moldávia num país inovador. "Sejamos a mudança num mundo em constante mudança", disse o presidente Sandu, impulsionando o lançamento de uma campanha de inovação em todo o país. O presidente destacou o papel fundamental da tecnologia na inovação, "a digitalização pode reduzir os custos de transação, aumentar a transparência e reduzir a corrupção. Mas é a inovação que pode aproveitar essa tecnologia para fazer muito mais."

O crescente setor de tecnologia da Moldávia tem o potencial de impulsionar a inovação e o crescimento em toda a economia. Com as exportações de TI da Moldávia crescendo 100 vezes nos últimos 15 anos para USD 258 milhões em 2020, o setor de crescimento mais rápido do país é o de TI. O setor de TI também paga quatro vezes o salário médio do país. A inovadora política do governo de parque virtual de TI, com um único imposto de 7% sobre tecnologia, engenharia, P&D e empresas de tecnologia criativa, compensou, atraindo 900 empresas residentes de 35 países e incentivando a formalização de pequenas empresas e empreendedores de tecnologia. A Moldávia planeia usar o seu crescente setor de TI e recursos tecnológicos para transformar digitalmente a produção de vinho, a agricultura, o turismo, a manufatura ecológica e a mídia. A primeira-ministra da Moldávia, Natalia Gavriliţa, formada em Harvard , que anteriormente atuou como diretora do Global Innovation Fund, estabeleceu a inovação como uma prioridade fundamental e nomeou pela primeira vez um vice primeiro-ministro dedicado à digitalização para liderar a transformação digital do governo. A primeira-ministra Gavriliţa observou: "para a República da Moldávia, as tecnologias representam uma oportunidade económica valiosa com um impacto visível na qualidade de vida." O governo moldavo está a unir-se às maiores universidades do país para aumentar a quantidade de formados em TI e em engenharia e criar especialidades voltadas para a tecnologia em novas mídias, tecnologias criativas e moda digital, preparando estudantes para os empregos do futuro.

Na sua jornada de inovação, a Moldávia será apoiada pelos principais inovadores globais - os Estados Unidos e a Suécia - para desenvolver uma economia digital, criativa e sustentável e impulsionar o país até o topo do índice global de inovação. Em apoio à visão da Moldávia, a administradora Samantha Power , da USAID (Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional), visitou a República da Moldávia e lançou a Future Technologies Activity  – o maior e mais amplo projeto de desenvolvimento de tecnologia da Moldávia – de USD 32,8 milhões – financiado pela USAID e pela Suécia.

"Os jovens da Moldávia são talentosos, criativos e energicos. Mas se os setores do futuro se desenvolverem fora das fronteiras da Moldávia, esses jovens ficarão tentados a levar os seus talentos para o exterior, em vez de desenvolver as suas carreiras aqui em casa. A Future Technologies Activity ajudará a criar caminhos para a juventude da Moldávia. Isso permitirá que as empresas moldavas acessem os mercados europeu e global. Isso equipará os jovens moldavos com as competências e conhecimentos que eles precisam para aproveitar uma economia digital em crescimento. E isso ajudará a fazer as palavras, "Made in Moldova " um motivo de orgulho aqui no país e uma marca de qualidade em todo o mundo ", disse Samantha Power , a administradora da USAID .

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=LBcGtUajjuA
Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1697210/Future_Technologies_Launch_Event.jpg

Leia Também

FONTE Moldova Future Technologies Activity funded by USAID and Sweden

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários