Líderes se reúnem em Riade para reformular o futuro do turismo
prnewswire.com
Líderes se reúnem em Riade para reformular o futuro do turismo

- 150 líderes governamentais e empresariais se reúnem no FII em Riade

- O turismo foi colocado como prioridade na agenda global pela primeira vez no FII

- Sua Ex.ª Al Khateeb : "As economias não se recuperarão até que o turismo se recupere"

- Os líderes endossarão os "Princípios para a Reformulação do Turismo"

RIADE, Arábia Saudita, 27 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- Cento e cinquenta líderes governamentais e empresariais internacionais do setor de viagens e turismo estão se reunindo em Riade para a Cúpula de Reformulação do Turismo – estabelecendo as bases para o sucesso futuro .

O evento será realizado como parte da Future Investment Initiative (FII), uma plataforma internacional que reúne mais de três mil líderes, investidores e inovadores globais com o poder de moldar o futuro dos investimentos globais e da humanidade.

Ao discursar na FII, Sua Excelência Ahmed Al Khateeb , Ministro do Turismo da Arábia Saudita, disse: "O turismo é um setor vital, e seu crescimento é importante para as economias do mundo todo. Mais de 330 milhões de pessoas dependem do turismo para sua subsistência. Antes da pandemia, o turismo era responsável por um em cada quatro novos empregos criados em todo o mundo.

"O setor foi fortemente atingido pela COVID, com 62 milhões de empregos perdidos. Devemos fortalecer a coordenação global, a fim de tornar o turismo a prioridade nas agendas governamentais para gerar oportunidades e resiliência no setor diante dos desafios futuros.

"As economias não se recuperarão até que o turismo se recupere. E isso significa que devemos nos unir para remodelar o turismo com base em princípios compartilhados que definem o futuro que queremos ver. Convido todos vocês a se juntarem a nós para acelerar a recuperação e remodelar o turismo."

Liderada pela Arábia Saudita e apoiada pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo, a cúpula endossará cinco "Princípios para a Reformulação do Turismo" :

  1. O turismo é um setor vital que molda as sociedades e desenvolve as economias
  2. Os países não se recuperarão até que o turismo se recupere
  3. Para prosperar, o turismo precisa de coordenação e colaboração público-privada eficazes
  4. O turismo deve fazer parte da solução para as mudanças climáticas
  5. Todas as pessoas têm uma participação no futuro do turismo

Arnold Donald , presidente do Conselho Mundial de Viagens e Turismo e presidente e CEO da Carnival Corporation PLC, recebeu os Princípios para Reformulação do Turismo em nome do setor privado, dizendo: "É de suma importância que, à medida que reformularmos o setor de viagens e turismo, nós o façamos com propósito e de forma colaborativa. Represento mais de 200 CEOs do setor privado – muitos dos quais solicitaram uma maior colaboração com os governos para garantir um foco no apoio aos negócios, permitindo a continuidade das viagens e fortalecendo o apoio aos principais destinos turísticos que mais necessitam."

Tenho o prazer de apoiar os Princípios para a Reformulação do Turismo que, por fim, fortalecerão o setor do turismo e sua subsistência.

Julia Simpson , presidente e CEO do Conselho Mundial de Viagens e Turismo, acrescentou : "As viagens e o turismo são uma força motriz por trás da economia mundial. No auge da pandemia da COVID-19, o Reino reuniu os setores público e privado sob sua Presidência no G20. Hoje, eles estão trazendo os líderes do setor de viagens e turismo para revitalizar o setor."

Leia Também

Sua Ex.ª Gloria Guevara , conselheira especial da Ministro do Turismo da Arábia Saudita,  disse: "É ótimo ver o setor do turismo como prioridade desta importante conferência com milhares de líderes públicos e privados do mundo financeiro, incluindo investidores e tomadores de decisões

"O maior desafio que nosso setor teve no ano passado foi a falta de coordenação internacional. Os Princípios reconhecem questões cruciais – priorizar a colaboração internacional para garantir que o turismo seja melhor para as pessoas, para a natureza, para as comunidades e para nossa sociedade." 

Sua Ex.ª Al Khateeb  concluiu: "A COVID-19 teve um impacto devastador e desproporcional nos países em desenvolvimento, muitos dos quais dependem fortemente da contribuição do turismo para suas economias e sobrevivência. Os países desenvolvidos serão afetados se não criarmos empregos para os mais necessitados. O turismo contribui para este crescimento, oferecendo educação e oportunidades, ao mesmo tempo que reduz a pobreza.

"Os Princípios para a Reformulação do Turismo nos ajudarão a moldar conjuntamente nosso futuro, para os destinos existentes e para os novos. Para nosso presente e nosso futuro.

"Gostaria de agradecer à FII por colocar o turismo como prioridade da agenda do 5 o aniversário deste ano, reconhecendo o papel vital que o setor desempenha na reconstrução de nosso mundo."

Notas aos editores

Princípios para a Reformulação do Turismo:

  1. O TURISMO É UM SETOR VITAL QUE MOLDA AS SOCIEDADES E DESENVOLVE AS ECONOMIAS. Em todo o mundo, mais de 300 milhões de pessoas dependem do turismo e da riqueza que ele gera para sua subsistência. O turismo possibilita o desenvolvimento socioeconômico, a geração de empregos, a redução da pobreza e o estímulo à prosperidade. Oferece oportunidades únicas para mulheres, minorias, comunidades rurais e jovens.
  2. OS PAÍSES NÃO SE RECUPERARÃO ATÉ QUE O TURISMO SE RECUPERE. Antes da pandemia, o turismo era responsável por um em cada quatro novos empregos criados em todo o mundo. A COVID-19 causou uma queda de 18,5% no emprego em relação ao ano anterior, e a contribuição do setor para o PIB mundial caiu 49,1% em 2020. O impacto nos países em desenvolvimento, muitos dos quais dependem muito da contribuição do turismo para suas economias, foi desproporcional. 
  3. PARA PROSPERAR, O TURISMO PRECISA DE COORDENAÇÃO E COLABORAÇÃO EFICAZES. O setor é vulnerável a impactos, devido a sua natureza única interconectada e inter-relacionada. Precisamos de uma maior colaboração internacional e capacitação das organizações internacionais para reposicionar o setor do turismo de forma mais intensa em escala global. Isso garantiria uma abordagem integrada e coordenada que maximizaria a contribuição do setor para a realização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.
  4. O TURISMO DEVE FAZER PARTE DA SOLUÇÃO PARA AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS.  Atualmente, o turismo contribui com 8% das emissões globais de gases de efeito estufa, e prevê-se que o setor cresça nas próximas décadas. Precisamos trabalhar juntos para reduzir nossa contribuição para as emissões globais e apoiar os milhões de PMEs que formam 80% do setor global na proteção do planeta, ao mesmo tempo que continuamos a gerar empregos e crescimento. 
  5. TODOS TÊM UMA PARTICIPAÇÃO NO FUTURO DO TURISMO. A importância crucial deste setor significa que todos nós temos uma participação em seu futuro. Devemos trabalhar em conjunto – governos e setor privado, países desenvolvidos e em desenvolvimento – para fortalecer as organizações turísticas e aumentar a representação em fóruns como o G20, para que consigamos o futuro do turismo que todos desejamos e necessitamos. 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1670842/Principles_English_Infographic.jpg

FONTE Ministry of Tourism of Saudi Arabia

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários