Dra. Palmyra Santa Rosa responde 5 principais mitos da Harmonização Orofacial
prnewswire.com
Dra. Palmyra Santa Rosa responde 5 principais mitos da Harmonização Orofacial

MACEIÓ, Brasil , 22 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- Das redes sociais aos consultórios, entre figuras públicas e os memes, os procedimentos estéticos têm conquistado espaço na mídia e no mercado como nunca antes.  Esses procedimentos incluem as cirurgias estéticas mais tradicionais (como rinoplastia e lipoaspiração), mas quem têm ganhado o debate público é uma área relativamente nova da medicina estética: a Harmonização Orofacial. Junto com o crescimento do interesse pelos procedimentos, existe o crescimento de mitos, tabus e algumas desinformações relativas aos efeitos e seus resultados. Afinal, do que se trata a Harmonização Orofacial?

Sendo uma dos principais nomes da Harmonização no Brasil , a cirurgiã-dentista Dra. Palmyra Santa Rosa conta que recebe diariamente nas redes sociais e no seu consultório a divulgação de fake news e mitos sobre a Harmonização. Segundo a especialista, esse tem sido um dos principais fatores para afastamento de clientes. Como profissional que atende influencers como Carlinhos Maia, Marina Ferrari e Ed Gama , a cirurgiã-dentista critica excessos e ganha um público que busca procedimentos mais naturais e sem exageros. Trabalhando há quase uma década na área, ela enxerga uma mudança de conjuntura no atendimento e aposta numa Harmonização com mais credibilidade e mais humanizada.

Com o desafio de contribuir para uma imagem mais positiva da Harmonização Orofacial em um mercado em popularização e desconfiança no Brasil , a Dra. Palmyra Santa Rosa responde cinco dos principais mitos relativos à Harmonização. Confira a lista:

1. "O resultado fica artificial"

O trabalho sempre deve ser feito de menos para mais! Um dos principais erros para o resultado artificial é executar diversos procedimentos em uma única consulta. Não tem necessidade de fazer todos os procedimentos de uma vez só! O ideal é que tudo seja feito aos poucos e com bom senso profissional, para que o paciente também possa perceber aos poucos essas mudanças e o atendimento se torne mais humanizado possível. Vale lembrar que existem diversos padrões de medidas estéticas como a proporção áurea e outras das diversas bases descritas na literatura científica. Sempre procure um profissional que te ouça e execute um procedimento sem exageros.

2. "Botox só é indicado para pessoas mais velhas"

Isso é mito! É cultural o brasileiro achar que o ideal é envelhecer pra depois fazer procedimentos estéticos. Ainda existe um preconceito ao realizar esses tratamentos quando jovem, muitos enxergam como futilidade, porém, a gente precisa estar mais atento a uma ideia de prevenção. Por exemplo, achar que o Botox tira a ruga é um conceito errado! Ele é um procedimento que previne rugas, então ele não elimina a que já está marcada na pele como cicatriz. O ideal, é ter esta consciência em realizar o tratamento como prevenção.

3. "Botox deixa o rosto sem expressão"

O resultado é dose dependente, ou seja, depende da quantidade de botox que vai ser colocada. Se for uma dose exagerada, que não é o recomendado, de fato o paciente vai ficar sem expressão. Esse não é o objetivo do tratamento. A dose deve ser sempre relativa à força do músculo. É preciso que o resultado fique harmônico e natural, mas com o músculo sem a capacidade de promover a ruga.

4. "Preenchimento deixa o rosto inchado"

A maioria dos pacientes tem medo do rosto inflado por conta do Preenchimento. Mas isso é necessariamente algo que vai acontecer! Sendo feito de forma correta, dentro da prudência e das proporções, o preenchimento não vai ficar desproporcional. A intenção do procedimento nunca vai ser deixar qualquer parte do rosto inchado, e sim, suavizar sombras e linhas do rosto de forma natural.

5. "Quando o efeito sai, o rosto fica pior do que antes"

Esse último também é mito! Porque quando aplicamos o botox, o paciente relaxa o músculo e isso previne que a região fique forte com o tempo. Eu costumo dizer que cada vez que você faz botox, menos você precisa dele. Quando o efeito sair, no máximo seu seu rosto vai voltar a ser exatamente como ele era antes, ou até melhor.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1632488/Palmyra_Santa_Rosa.jpg

FONTE Santa Rosa Academy

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários