Mainstream Renewable Power conclui com sucesso a fase final de financiamento eólico e solar de US$1,8 bilhão no Chile
prnewswire.com
Mainstream Renewable Power conclui com sucesso a fase final de financiamento eólico e solar de US$1,8 bilhão no Chile

DUBLIN e SANTIAGO, Chile , 4 de julho de 2021 /PRNewswire/ -- A empresa global de energia eólica e solar, Mainstream Renewable Power ("Mainstream" ou "a Empresa"), alcançou fecho financeiro da terceira e última fase de sua plataforma eólica e solar "Andes Renovables" no Chile . Os US$182 milhões em dívida arrecadada serão usados para construir a fase "Copihue" que consiste de um parque eólico, chamado Camán, localizado no centro do Chile .

O projeto, que iniciará as operações em 2022, tinha inicialmente uma capacidade instalada de 100 MW, mas, desde então, aumentou para 148,5 MW após a assinatura de um contrato de compra de energia bilateral adicional a longo prazo (PPA) com um parceiro estratégico.

O financiamento da dívida principal é proveniente do KfW IPEX-Bank, DNB, CaixaBank, e o financiamento de IVA do Scotiabank Chile.

Com o fecho financeiro anunciado hoje, a Mainstream conclui um investimento de mais de US$1,8 bilhão para construir por inteiro a sua plataforma Andes Renovables, que deverá estar totalmente operacional até 2022 e fornecerá cerca de 20% de energia para clientes regulamentados no Chile usando energia renovável. 

A Sacyr será o prestador de serviços do restante das instalações do parque eólico Camán e realizará as obras de conexão elétrica. O transformador principal será fornecido pela ABB.   

Mary Quaney , diretora executiva do Mainstream Group, disse:

"Os compromissos líquidos zero em todo o mundo exigem a descarbonização sistêmica dos meios energéticos – nossa presença e trabalho com parceiros em mercados amadurecidos e emergentes demonstram a escalabilidade e o sucesso do nosso modelo de desenvolvimento de projetos para apoiar essa transição.

"A Andes Renovables é uma das maiores plataformas de energia renovável da América Latina, a qual terá capacidade instalada de 1,35 GW de energia limpa, gerando cerca de 3.100 empregos durante a sua construção.

"Dessa forma, comprova a nossa experiência líder do setor em estruturar projetos híbridos com a combinação de dez perfis de geração eólica e solar para satisfazer nossos compromissos, oferecendo potência energética estável em escala ao longo de um período de vinte anos.

"Reflete nosso compromisso e experiência no Chile , que trata-se de um dos mercados de energia renovável mais progressistas do mundo, e solidifica ainda mais a nossa posição de liderança no país, onde em breve forneceremos o equivalente a uma casa em cada cinco casas do país com a potência energética de nossas instalações."

Manuel Tagle , o gerente geral da Mainstream América Latina, disse:

"A plataforma Andes Renovables alimentará o equivalente a mais de 1,7 milhão de residências chilenas e evitará a emissão de mais de 1,6 milhão de toneladas de CO2 por ano, que seria o equivalente ao liberado por cerca de 350 mil carros por ano. As dez fazendas eólicas e solares que compõem a plataforma estão localizadas entre as regiões de Antofagasta e Los Lagos. É exatamente essa diversificação geográfica e tecnológica que permitirá um fornecimento de eletricidade mais seguro e constante.

"Estamos satisfeitos por ter aumentado em 50% o portfólio da Copihue adicionando um PPA bilateral além do PPA regulado existente, o que demonstra a nossa posição no mercado. 

" E isso não para por aí. Estamos utilizando nossa plataforma de energias renováveis e experiência como líder de mercado para inovar novos desenvolvimentos em tecnologias emergentes para complementar a capacidade existente e garantir que estejamos na vanguarda da tecnologia limpa. Paralelamente à Andes Renovables, também estamos investindo em uma nova plataforma renovável em larga escala, Nazca Renovables, e nesses últimos meses, assinamos quatro novos contratos de fornecimento de energia com clientes privados. Esperamos poder compartilhar mais atualizações em ambos os portfólios conforme for avançando."

Notas aos Editores:

Sobre a Mainstream Renewable Power no Chile

Em 2016, a Mainstream foi a maior vencedora no maior leilão de eletricidade neutra do ponto de vista tecnológico do Chile , com 27% de sua capacidade total alocada. A Comissão Nacional de Energia do Chile concedeu à Mainstream um contrato de 20 anos, denominado em dólares americanos, para fornecer 3.366 horas de Gigawatt de energia estável a partir de 2021. A Mainstream também disponibilizou 332 MW adicionais de geração eólica no Chile por meio da plataforma Aela com sua parceira de joint-venture Actis, colocando em operação comercial seu primeiro parque eólico em 2014. A Mainstream tem mais 2.700 MW de ativos de geração de energia eólica e solar fotovoltaica em desenvolvimento no Chile .

Projetos da Andes Renovables

Fase

Portfólio

Fecho financeiro

MW de projetos eólicos

MW de projetos solares 

1

Você viu?

Cóndor 

Novembro, 2019 

3 projetos (426MW) 

1 projeto (145MW) 

2

Huemul 

Setembro de 2020 

3 projetos (425 MW) 

2 projetos (205 MW) 

3

Copihue 

Junho de 2021 

1 projeto (148,5 MW) 

---

Contato:

Emmet Curley , diretor de comunicações e posição
Telefone: +353 86 2411 690 
E-mail: [email protected]

Caroline Cutlet | Ojasvi Goel, FTI Consulting
Tel: +44 20 3727 1000
E-mail: [email protected]

Sobre a Mainstream

A Mainstream Renewable Power é uma empresa líder de energia renovável pura com presença global. A empresa está focada em expandir seu pipeline de alta qualidade de mais de 13 Gigawatts (GW) de ativos eólicos e solares para toda a América Latina, África, Ásia-Pacífico, bem como no setor eólico offshore internacional. Em maio de 2021, fechou um acordo para a Aker Horizons adquirir participação acionária de 75% da empresa, permitindo à Mainstream acelerar o seu plano de expansão global para trazer 5,5 GW de ativos para o fecho financeiro até 2023 antes de uma IPO planejada.

A Mainstream entregou mais de 6,5 GW de ativos eólicos e solares para o fecho financeiro, e atualmente tem mais de 1,4 GW (líquido) em construção na América Latina e na África. No Chile , 1,35 GW de ativos eólicos e solares totalmente contratado da subsidiária integral da Mainstream está a caminho de atingir a operação comercial a partir de 2021. Na África, a empresa entregou 842 MW de ativos eólicos e solares para operação comercial na África do Sul, e mais ainda, por meio de sua joint-venture Lekela Power tem 410 MW de ativos eólicos em construção no Senegal e no Egito.

A Mainstream é o desenvolvedor independente de maior sucesso de energia eólica offshore em escala global.  A empresa deferiu com sucesso a Hornsea One (1,2 GW), a maior usina eólica offshore operacional do mundo atualmente, e desenvolveu o projeto Hornsea 2 (1,4 GW) antes de vender esses projetos e a Zona inteira em 2015. Globalmente, desenvolveu e, posteriormente, vendeu projetos que representam 22% da capacidade eólica offshore do Reino Unido, seja em operação ou em construção.  A Mainstream autorizou plenamente o projeto eólico offshore Neart na Gaoithe na Escócia, de 450 MW, atualmente em construção. O desenvolvimento eólico offshore Soc Trang de 1,4 GW da Mainstream no Vietnã é um dos maiores empreendimentos de energia renovável do Sudeste Asiático.

A Mainstream arrecadou mais de 3 bilhões de euros em financiamento de projetos até o momento e emprega mais de 340 funcionários em cinco continentes.

www.mainstreamrp.com

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/686512/Mainstream_Renewable_Power_Logo.jpg

FONTE Mainstream Renewable Power

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários