GWEC: o Dia Mundial do Vento sinaliza uma nova era para a energia eólica à medida que a urgência cresce para a COP26 em Glasgow
prnewswire.com
GWEC: o Dia Mundial do Vento sinaliza uma nova era para a energia eólica à medida que a urgência cresce para a COP26 em Glasgow

BRUXELAS, 15 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- Os países em todo o mundo precisam ampliar urgentemente a implementação da energia eólica para lidar com a ação climática, de acordo com a Coalizão Global de Energia Eólica Global para a COP26 , que será lançada hoje oficialmente no Dia Mundial do Vento.

O mundo está em uma década de "ou vai ou racha" em relação à ação climática, e é nesse contexto que o setor eólico está intensificando seu apelo por ações climáticas urgentes visando a COP26 em novembro. Com o maior potencial de descarbonização de uma fonte de energia renovável, a energia eólica é parte indispensável da solução para a mudança climática, ao mesmo tempo em que gera benefícios socioeconômicos significativos.

Mas o mundo não está instalando a energia eólica no ritmo necessário para atingir o carbono zero, e é preciso fazer muito mais para liberar seu potencial.  De acordo com relatórios básicos divulgados recentemente sobre o alcance do Carbono Zero pela Agência Internacional de Energia (International Energy Agency - IEA) e a Agência Internacional de Energia Renovável (International Renewable Energy Agency - IRENA), o mundo precisa instalar energia eólica em cerca de 3 a 4 vezes o nível de 2020, que registrou um recorde de 93 GW instalados.

A nova campanha do setor eólico para a COP26 coloca a governos, empresas e pessoas em todo o mundo uma pergunta crucial: o vento. Você está comprometido?

"Precisamos passar da conversa para a ação e trabalhar juntos para aumentar consideravelmente a energia eólica em todo o mundo, se quisermos chegar ao carbono zero até 2050. Precisamos instalar a energia eólica de três a quatro vezes o ritmo atual, ou seja, precisamos que os governos aumentem urgentemente suas metas, simplifiquem a burocracia, invistam em mercados de energia de rede e renovação", disse Ben Backwell , CEO da GWEC .

"A indústria eólica já tem a tecnologia e há um enorme apetite de investidores e empresas no sentido de mudar para energias limpas, mas precisamos que os governos parem de nos atrasar e se comprometam com a energia eólica", acrescentou.

A energia eólica, em terra e no mar, cresceu significativamente nas últimas décadas e é agora uma potência de energia limpa, competitiva e barata, pronta para estar no centro da corrida para a emissão de carbono zero até 2050. Atualmente existem aproximadamente 750 GW de capacidade eólica global instalada, contribuindo para que o mundo possa economizar 1,1 bilhão de toneladas de emissões de carbono - o equivalente às emissões anuais de carbono da América do Sul.

A implementação sem precedentes da energia eólica global foi impulsionada por um ciclo virtuoso de inovação, redução de custos e aumento da escala. O resultado desse imenso crescimento consiste no fato de que a energia eólica é hoje uma fonte de energia predominante e provou ser confiável e acessível, ao mesmo tempo em que é um mecanismo sustentável para o crescimento econômico.

"Investir em energia eólica é vantajoso para os países, para criar novos empregos e investimentos locais hoje para alimentar a recuperação ambiental, ao mesmo tempo em que criam infraestruturas e economias mais resilientes para o futuro. Os governos estão perdendo uma oportunidade de ouro de atingir seus objetivos paralelos de ação climática e impulsionar as economias após a crise da COVID-19, se não tomarem medidas urgentes para impulsionar o crescimento da energia eólica. Precisamos que levem o vento a sério", comentou Rebecca Williams , diretora da COP26 da GWEC .

Você viu?

"Todos os olhares estão voltados para Glasgow em novembro deste ano, quando os líderes mundiais se reunirem na COP26 , e os governos precisam usar este momento decisivo para colocar o mundo no caminho certo para atingir o carbono zero. Nós não temos tempo para continuar "como sempre" - a situação de emergência climática já está aqui. Felizmente, já temos a solução que pode reduzir significativamente as emissões de carbono do mundo, mas precisamos que os governos juntem-se a nós agora ou corram o risco de ficar para trás", acrescentou.

A Coalizão Global de Energia Eólica da COP26 é uma iniciativa liderada pelo Conselho Global de Energia Eólica (Global Wind Energy Council - GWEC), que consiste de um grupo de várias partes interessadas das principais empresas e associações de energia eólica de todo o mundo empenhadas em aumentar a capacidade de energia eólica para limitar os impactos perigosos das mudanças climáticas. Entre os membros destacam-se: Aker Offshore Wind, Akselos, BayWa r.e., DNV, EDP Renewables, Equinor, GE Renewable Energy, Glennmont Partners from Nuveen, Green Investment Group, Mainstream Renewable Power, Orsted, Principle Power, RES, RWE, Siemens Gamesa, SSE Renewables, Vestas, ABEEolica, American Clean Power, Chinese Renewable Energy Industry Association, Chinese Wind Energy Association, RenewableUK, South African Wind Energy Association e WindEurope.

Para mais informações sobre a campanha global da indústria eólica, acesse o site da campanha  aqui .

Anexo:

Para um kit de imprensa on-line, incluindo outras estatísticas sobre energia eólica, fotos e citações de líderes do setor, clique aqui .

Sobre a GWEC

A GWEC é uma organização de membros que representa todo o setor de energia eólica. Os membros da GWEC representam mais de 1.500 empresas, organizações e instituições em mais de 80 países, como fabricantes, desenvolvedores, fornecedores de componentes, institutos de pesquisa, associações nacionais de energia eólica e renovavel, provedores de eletricidade, financiadoras e seguradoras. Acesse https://gwec.net/ .

Fique em dia com a GWEC e receba os dados e informações mais recentes sobre o setor eólico global no Twitter, LinkedIn e assinando o boletim informativo, https://gwec.net/newsletter-sign-up/ .

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1532054/Global_Wind_Energy_Council_Logo.jpg

FONTE Global Wind Energy Council (GWEC)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários