A produção de papel é de extrema importância para o equilíbrio ambiental, afirma conselheiro da Paper Excellence Brasil, Josmar Verillo
prnewswire.com
A produção de papel é de extrema importância para o equilíbrio ambiental, afirma conselheiro da Paper Excellence Brasil, Josmar Verillo

SÃO PAULO, 25 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- É importante desmistificar os discursos de que a produção do papel é ecologicamente errada. Ao contrário do que muitos pensam, tanto o meio ambiente quanto a sociedade são beneficiados pela produção de papel. "Os papéis sustentáveis são produtos que respeitam e preservam a natureza, além de contribuir para a economia e ecossistema", afirma Josmar Verillo , conselheiro da Paper Excellence no Brasil. De acordo com a Indústria Brasileira de Árvores (IBÁ), o papel produzido no Brasil tem origem nas árvores plantadas e é reciclável, ou seja, grande parte retorna ao ciclo produtivo após o consumo.

Produtores responsáveis possuem selos florestais, realizam iniciativas que diminuem o impacto ambiental de suas atividades e utilizam matérias-prima de arvores plantadas exclusivamente para esse fim, seguindo todas as práticas de sustentabilidade. De acordo com Verillo, "a Paper Excellence só utiliza fibras de origens sustentáveis. Considerando toda a cadeia, a produção de celulose kraft ajuda a diminuir os gases do efeito estufa". Com sistema de cadeia de custódia, a fabricante fornece celulose certificada e originária de florestas plantadas.

Sendo um dos produtos mais consumidos no mundo, o papel ainda é primordial na educação, comunicação, fins sanitários e informação para a maioria das pessoas. O portal do Recicla Sampa, iniciativa destinada a promover conscientização e educação ambiental junto à população do município de São Paulo, informou que o Brasil é o 2º maior produtor mundial de celulose. Além de abastecer o mercado nacional, exporta o papel principalmente para países da América Latina, União Europeia e América do Norte, tendo quase 70% da sua produção voltada para o mercado de exportação.

O país possui 9 milhões de hectares plantados de eucalipto, pinus e demais espécies, que são destinadas, em sua maioria, à produção de celulose e papel. Ainda segundo a Ibá, o restante é designado para a fabricação de segmentos como painéis de madeira, carvão vegetal, pisos laminados e produção energética. Para ter certeza se o papel é confiável e veio de uma área sustentável, basta conferir alguns selos na embalagem, como o FSC, sigla de Forestry Stewardship Council, que em português significa Conselho de Manejo Florestal. Segundo Josmar Verillo , "a Paper Excellence possui registro no sistema de cadeias de custódia o PEFC e SFI®, assim, fornece comprovadamente celulose originária de florestas totalmente certificadas."

Você viu?

Josmar Verillo é formado em administração de empresas pela PUC-SP, doutor em economia pela Michigan State Universitty e atual conselheiro da Paper Excellence no Brasil. Antes, atuou como diretor geral do Grupo Klabin , foi presidente da Alcoa América Latina, presidente da Bahia Pulp e diretor superintendente da Tonon Bioenergia.

https://paperexcellencebrazil.com.br/

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1518535/Josmar_Verillo_Paper_Excellence_Brasil.jpg

FONTE Paper Excellence Brasil

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários