Deve ser lançado até o fim de junho na Alemanha, um aplicativo de celular para rastrear casos de coronavírus. O anúncio foi feito pelo ministro da saúde alemão, Jens Spahn, em entrevista a uma emissora de TV local no último domingo (14).

Coronavírus
Pixabay/Tumisu
Alemanha desenvolve aplicativo para rastrear casos de COVID-19

O app funciona via bluetooth e consegue medir a distância entre os smartphones dos usuários. Quando detecta que duas pessoas estão a menos de 1,5 metro uma da outra por mais de 15 minutos, ele registra o código de usuário (ID) de ambas.

Assim, sempre que alguém testar positivo para o novo coronavírus, o app saberá dizer todas as pessoas que tiveram contato prolongado com ela. E pode enviar um alerta sobre o diagnóstico para o colega desavisado.

A ideia é estimular o isolamento social avisando usuários que tiveram contato com alguém que testou positivo para Covid-19.

Segurança

Não existe uma base de dados do aplicativo que centralize as informações. Os dados ficam no celular do cidadão que terá que autorizar o uso do bluetooth sempre que o aplicativo é iniciado e, segundo os desenvolvedores, não terá que ceder dados como sua localização ou outras informações pessoais.

A empresa de telecomunicações Deutsche Telekom e a SAP, maior companhia de software do país, estão envolvidas no projeto. 

Para ter alguma efetividade, no entanto, o app precisa ser aderido em massa pelos alemães.

    Leia tudo sobre: Inovação aplicativo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários