Benefícios do e-commerce
Reprodução Amazon
Benefícios do e-commerce

O comércio eletrônico brasileiro não dá sinais de esgotamento e confirmou todas as projeções otimistas com os dados do 2º do semestre. De acordo com a consultoria Neotrust, empresa que monitora o e-commerce brasileiro , o País registrou um crescimento de 4,3% no número de pedidos no período, com um total de 89,6 milhões de vendas.

Entre os meses de abril e junho, o comércio eletrônico teve faturamento de R$ 38,4 bilhões. Ainda assim, a marca representa uma queda de 3,2% em relação ao segundo trimestre de 2021.

Em relação aos números por região, o levantamento da Neotrust aponta que o Norte é o principal destaque brasileiro no 2º trimestre de 2022, com aumento de 7,4% no faturamento e um total de R$ 1,16 bilhão arrecadado. O Sudeste, região com o maior faturamento e vendas online do país, apresentou queda de 5,1% em receita e teve uma tímida alta em pedidos, calculada em 1,7%.

As categorias telefonia, eletrodomésticos e eletrônicos figuram entre os três segmentos de maior faturamento no e-commerce, enquanto moda e acessórios, beleza e perfumaria, e saúde possuem o maior número de pedidos, respectivamente.

Veja ofertas do dia

* O iG pode ganhar comissão sobre as vendas originadas a partir deste artigo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários