Em "Tsukuyumi: A Queda da Lua", o apocalipse começou com a queda da lua e uma descoberta ainda mais chocante: ela era um Deus enclausurado, um dragão branco que dá nome ao jogo e que despertou para ser o novo imperador da Terra. Essa é a premissa de um dos entretenimentos mais bacanas da atualidade para quem curte jogos de estratégia e RPG fora do ambiente virtual. 

Tsukuyumi - jogo
Reprodução/Amazon
Tsukuyumi - jogo

O jogo acompanha esse futuro onde a lua caída transformou o planeta em um campo de batalha onde, homens, robôs, criaturas fantásticas e animais mutantes, formam facções que tem como único objetivo derrotar Tsukuyumi. Cada jogador comanda uma dessas facções e terá que enfrentar os outros grupos pelo poder da lua caída.

Os Nômades são os sobreviventes da humanidade, armados, ágeis e lutando por seu antigo mundo. Modificados pelo apocalipse trazido por Tsukuyumi, os Javalordes são uma nação de javalis conscientes, perigosos e prontos para tomar o espaço dos humanos como novos habitantes do planeta. Os insetos também foram transformados pela queda da lua e se transformaram na Cepa Negra, sua principal arma: infestar essa guerra com um número incontável de soldados e eliminar seus adversários. Por fim, os Samurais Cibernéticos são o resultado da evolução tecnológica, satélites, drones, robôs e um laser orbital, tudo funcionando em harmonia para vencer essa guerra.

Essa guerra se dará em três dimensões, já que são 148 miniaturas em um acabamento de primeira linha, 13 delas exclusivas dessa versão que inclui as metas estendidas do financiamento coletivo. Os jogadores ainda terão um “upgrade” com esculturas de plástico que poderão substituir alguns tokens do jogo base.

Leia Também

undefined

"Tsukuyumi: A Queda da Lua"

Jogo assimétrico de guerra entre facções

Essa edição, que pode ser adquirida na loja virtual da Amazon, inclui jogo com objetivos que vão muito além de simples combate, jogo de guerra altamente interativo sem rolagem de dados, mapa reconfigurável através de posicionamento de terrenos e jogo com facções assimétricas. 

No vídeo a seguir é possível entender as regras e ver como aproveitar ao máximo esse divertimento. 

* O iG pode ganhar comissão sobre as vendas originadas a partir deste artigo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários