Nada como um bom vinho para complementar momentos especiais, seja sozinho ou acompanhado. E você sabia que não é preciso gastar muito para apreciar ótimos rótulos, e que preço não é um indicativo de qualidade?

São vários os fatores que interferem nos custos de produção e, consequentemente, no valor final do produto. Por isso, e para que você possa manter a adega sempre abastecida, preparamos uma lista imperdível de 7 vinhos bons e baratos abaixo de R$60.

Vinhos bons e baratos
Divulgação/Evino
Vinhos bons e baratos

Vinhos tintos

Vamos começar pelo mais queridinho dos estilos, o vinho tinto .

El Cazador Red Blend

Este é um vinho chileno produzido na região do Valle Central, onde as temperaturas quentes são equilibradas por brisas frescas do Oceano Pacífico, levando condições ideais para o cultivo das vinhas. El Cazador é feito com várias uvas, que, juntas, criam um líquido equilibrado e consistente.

Nele você encontra notas de frutas vermelhas, como morango e groselha, além de um toque de especiarias, como baunilha. Em boca é muito agradável e frutado, ideal para harmonizar com uma tábua de frios e pizzas de sabores variados.

Don Simon Selección Tempranillo

Elaborado em Castilla-La Mancha, na Espanha, Don Simon é um dos nossos grandes best sellers. Com ótimo custo-benefício, o vinho estrelado pela uva Tempranillo é macio, equilibrado, e apresenta aromas de cereja, ameixa e alcaçuz.

Este é um rótulo ideal para apreciar sem compromisso, em momentos como o fim do expediente. Para uma degustação ainda mais saborosa, experimente com espaguete à bolonhesa ou lasanha de berinjela.

Croix d’Or Pinot Noir Pays d’Oc IGP 2019

Para quem gosta de tintos mais leves, um Pinot Noir não pode faltar na lista. Ela é uma uva que gera vinhos leves e elegantes, isso porque tem a casca fina, e combina baixo nível de taninos com alta acidez.

Produzido no sul da França, a terra natal desta casta, Croix d’Or Pinot Noir é leve, frutado, delicado e rico em aromas de morango e cereja fresca. Ele se mostra a combinação perfeita para risoto de cogumelos, queijo Brie e legumes grelhados.

Portada Winemaker’s Selection 2019

Portugal tem uma imensa variedade de uvas nativas, e que geralmente aparecem juntas em um só vinho. Portada Winemaker’s é um bom exemplar do país, já que foi feito com as castas portuguesas Touriga Nacional, Tinta Roriz, Alicante Bouschet, Caladoc e Castelão, e as estrangeiras Cabernet Sauvignon e Pinot Noir.

Essa combinação originou um vinho encorpado, macio e com final levemente adocicado, que apresenta aromas de ameixa, mirtilo, e um leve toque de especiarias. Uma boa pedida é harmonizar com queijos curados ou hambúrguer. 

Leia Também

Vinho branco

Os  vinhos brancos são mais delicados e frescos, perfeitos para combinar com dias quentes e comidas leves.

Punta Negra Wines of Belhara Chardonnay 2019

A Argentina é famosa por elaborar potentes vinhos Malbec, mas a produção vinícola do país vai além – e Punta Negra é prova disso. Nesta versão, pode-se degustar a Chardonnay, conhecida como “rainha das uvas brancas”. Refrescante, frutado e equilibrado, é um líquido com notas de pêssego, maçã-verde e um leve toque de limão. Uma boa aposta para harmonizar com asinha de frango assada e fondue de carne.

Prahova Valley Feteasca Alba Demisec Dealu Mare DOC 2020

Prahova Valley é a comprovação de que é possível beber ótimos vinhos gastando pouco, e ainda aproveitar para descobrir novas uvas e regiões vinícolas. Elaborado em Dealu Mare, na Romênia, ele traz a casta Feteasca Alba em um líquido fresco e bem equilibrado, com encantadores aromas de capim-limão. Pode ficar ainda mais saboroso quando acompanhado de frutos do mar e peixes.

Vinho Rosé

Frescos e equilibrados, os  vinhos rosés são ótimas opções para trazer mais cor e sabor para os seus dias.

Freschello Vino Rosado

Freschello é uma marca líder em garrafas vendidas na Itália, e todo esse sucesso não é à toa. Elaborado na região do Vêneto com as uvas Merlot e Raboso, a versão rosé da linha apresenta notas intensas de amora e morango maduro. No paladar é fresco, delicado e tem boa acidez, se mostrando ideal para harmonizar com camarão na moranga e salmão grelhado.

Passatempo Rosé Vinho Verde DOP

A região de Vinho Verde, em Portugal, produz vinhos únicos e que conquistam paladares por onde passam. Passatempo é um deles. Frutado, fresco, fácil de beber e com acidez marcante, é repleto de aromas de frutas vermelhas frescas, e harmoniza bem com salada de queijo de cabra e linguiça assada.

Espumantes

Espumantes são muito versáteis. Ótimos para serem apreciados sozinhos, ele também podem acompanhar receitas variadas.

Tanggier Brut

Para falar de vinhos com excelente custo-benefício, o espumante espanhol Tanggier Brut é a pedida perfeita. Rico em aromas de maçã-verde, pera e limão siciliano, se mostra refrescante e frutado no paladar. Para harmonizar, experimente a combinação com petiscos fritos, como dadinho de tapioca e bolinha de queijo.

Solear Moscatel Rosé NV

Por fim, apresentamos Solear Moscatel, um espumante doce elaborado no Rio Grande do Sul. Ele é feito com duas uvas da família Moscatel: Moscatel Branco e Moscatel de Hamburgo, e a junção dessas castas resulta em um ótimo equilíbrio entre doçura e acidez. Repleto de aromas florais e frutados, é a companhia perfeita para torta de morango, salada de frutas e sorvete de creme.

A junção dessas castas expressa aromas florais e frutados, lembrando morango, cereja e framboesa. Em boca é saboroso, com bom equilíbrio entre doçura e acidez. Harmoniza bem com torta de morango, salada de frutas e sorvete de creme.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários