Máscara esportiva
Reprodução/Amazon

Máscara esportiva

Mesmo com o avanço da vacinação, não é possível descuidar dos protocolos de segurança sanitária. Afinal, a pandemia ainda não acabou. A vida, no entanto, dá pistas de voltar ao normal. Muito por conta disso, as rotinas na academia e a prática de exercícios ao ar livre estão voltando ao patamar pré-pandemia. É preciso, porém, reforçar a segurança nesses ambientes. Alcool em gel, máscara e distanciamento social seguem imperativos.

Portanto, mesmo vacinado, é importante escolher uma boa máscara esportiva . Principalmente se for frequentar uma acdemia. As máscaras que protegem melhor são as do tipo PFF2, cuja equivalente brasileira é a N95. Este tipo de máscara tem duas vantagens: ela permite um ajuste mais fino ao rosto, impedindo a passagem de ar, graças ao corte e à estrutura de arame que deve ser ajustada ao redor do nariz, e o material, que filtra partículas maiores que .3 mícrons, bem mais do que máscaras de pano.

Depois do exercício, é só colocar a máscara para secar em lugar ventilado e sem incidência direta de luz solar. É recomendável, contudo, ter mais de uma máscara com você, caso ela fique úmida. O iG Mais recomenda a máscara esportiva da Safe Brasil, que pode ser conferida aqui , e custa entre R$ 54,91 e R$ 109,99. A variação do preço ocorre em virtude do tamanho. O produto, no entanto, preenche todos os requisitos e critérios mencionados.

Veja outras opções

* O iG Mais pode ganhar comissão sobre vendas originadas a partir deste artigo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários