Há muitas razões para apresentar mau hálito mesmo com a escovação dos dentes em dia. Alguns exemplos são má higiene da língua, cárie, gengivite, problemas no estômago, sinusite, dor de garganta ou doenças como diabetes, insuficiência hepática ou renal.

escovar os dentes é importante, mas não é o único cuidado para evitar o mau hálito
shutterstock
escovar os dentes é importante, mas não é o único cuidado para evitar o mau hálito

É, entretanto, possível estabelecer alguns hábitos com vistas a minimizar, ou mesmo erradicar, o mau hálito. Se mesmo com a aplicação dessas medidas, ele permanecer, aconselha-se a consulta com um dentista.

Limpar periodicamente a língua

Escovar e passar fio nos dentes geralmente não basta. A língua também é um viveiro de bactérias, células mortas e restos de comida. É importante sempre escovar a língua.

Escovar os dentes após todas as refeições

Escovar os dentes  após as refeições é uma das melhores formas de acabar ou evitar o mau hálito, pois evita o acúmulo de bactérias, a formação de tártaro e de cárie dentária, que são causadoras do mau hálito.

Hidratar-se

Uma boca seca acontece quando não há saliva o bastante. Isso geralmente acontece quando você dorme e acorda com um “hálito matinal”. Mas isso pode ocorrer a todo momento do dia. A saliva é necessária para ajudar a limpar a boca e lavar as partículas de comida. Portanto, beber água com frequência estimula a produção de saliva.

Utilizar enxaguantes bocais

Os  enxaguantes bocais  ajudam a eliminar bactérias da boca que causam o mau hálito. O ideal é usar enxaguantes bucais que não tem álcool, porque o álcool resseca a boca e promove uma suave descamação da mucosa, favorecendo a proliferação de bactérias. 

Confira produtos para a higiene bucal

* O iG pode ganhar comissão sobre as vendas originadas a partir deste artigo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários