Com a pandemia do coronavírus, e-commerce abre novas oportunidades de trabalho
Marina Cardoso
Com a pandemia do coronavírus, e-commerce abre novas oportunidades de trabalho

Que o brasileiro gosta de atualizações tecnológicas e de compras online já é pacífico, mas um ranking elaborado CUPONATION indica que o país está muitíssimo bem posicionado entre os que mais compram produtos eletrônicos no mundo.

Integram essa grupo de produtos celulares, notebooks, TVs, câmeras, aparelho de ar-condicionado, entre outros. De acordo com o levantamento, o segmento crescerá cerca de 7.2% anualmente no Brasil entre até 2025. 

O País ocupa a 6ª posição, entre gastos correntes e previsão de crescimento, entre os 20 países listados na pesquisa. A primeira posição é da Turquia, enquanto a última é da Inglaterra. A Europa, de maneira geral, enfrenta retração forte no setor. O país mais bem colocado do continente é a Itália, em 11º.

Veja ofertas de produtos eletrônicos

* O iG pode ganhar comissão sobre as vendas originadas a partir deste artigo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários