A tecnologia está por toda a parte e isso inclui, claro, a cozinha. Paulatinamente o cooktop vem substituindo os fogões convencionais nas casas e apartmentos Brasil afora. A conquista da classe média se dá desde 2017 e não dá sinais de esgotamento. 

cooktop
Viva Decora/divulgação
Cooktop em cozinha planejada

O eletrodoméstico é funcional e esteticamente arrojado servindo tanto a quem busca otimizar o espaço em um ambiente pequeno, como quem quer ostentar uma cozinha planejada e performática.

São justamente espaço e capacidade orçamentária os primeiros critérios a reger a escolha de um cooktop, que pode ser a gás, elétrico ou por indução. Há certa variação de preço para esses diferentes modelos e uma ou outra adaptação a fazer. De maneira geral, no entanto, é preciso dispor de uma superfície (mesa ou bancada) resistente ao calor, como mármore, granito, etc.

O cooktop a gás é bastante prático, principalmente pelo fato de aceitar qualquer tipo de panela. A maioria das casas já possui saída a gás ou espaço para botijão, outro ponto prático desse modelo de eletrodoméstico. O aquecimento é instantâneo e o controle da temperatura também. É também o modelo mais barato.

O design atraente e a praticidade na instalação são dois dos principais pontos fortes do cooktop elétrico. É o modelo ideal para quem deseja uma cozinha planejada. Em alguns casos, é preciso dispor de uma instalação elétrica específica, já que alguns modelos consomem tanta energia quanto o chuveiro.

Já o cooktop por indução é o mais caro de todos, mas também o mais eficiente e fácil de limpar. Uma desvantagem é que é necessário usar panelas específicas. 

undefined

Cooktop

Modelos a gás, elétrico e por indução disponíveis

por

Diversos

A partir de R$ 190,00

*O iG pode ganhar comissão sobre as vendas originadas a partir deste artigo

    Leia tudo sobre: Casa

    Veja Também

      Mostrar mais