O mundo está debatendo o racismo com um desprendimento raramente visto antes. Todo esse clamor por justiça social foi detonado pela terrível morte do americano George Flyod, sufocado por um policial durante uma operação em Minnesota, nos EUA.

Martin Luther King
Divulgação
Martin Luther King, um dos maiores símbolos da luta contra o racismo

O debate sobre o racismo pode ser tão incômodo quanto é rico e plural. Eis uma chaga que se faz presente e dolorosa durante a história da humanidade e que pode ser tangenciada com a devida seriedade na literatura. 

O iG Mais selecionou cinco livros que abordam o tema de maneira desimpedida, franca e propositiva. Juntos, eles organizam um painel plural, objetivo e reflexivo de um mal que se esgueira em nosso convívio de maneira ardil.

undefined

Pensando Como um Negro: Ensaio de Hermenêutica Jurídica

O livro aborda o papel da raça na interpretação jurídica


undefined

Por Que Eu Não Converso Mais Com Pessoas Brancas Sobre Raça

Explorando questões desde a erradicada história negra até o propósito político da dominância branca, do feminismo branqueado até a intrínseca relação entre classe e raça, Reni Eddo-Lodge proporciona uma oportuna e essencial estrutura nova de ver, reconhecer e combater o racismo


undefined

Afrocentricidade: uma abordagem epistemológica inovadora

Esta antologia reúne textos de estudiosos e ativistas da abordagem afrocentrada


undefined

Lugar de Fala

O objetivo é de desmistificar o lugar de fala para que seja possível identificarmos as diversas vivências específicas e, assim, diferenciar os discursos de acordo com a posição social de onde se fala


undefined

Racismo Recreativo

A relação entre racismo e humor de maneira aprofundada

*O iG pode ganhar comissão sobre as vendas originadas a partir deste artigo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários