Não é à toa que os e-readers estão entre os produtos mais vendidos da loja virtual da Amazon nesses dois meses de isolameno social. O interesse por e-books disparou no Brasil durante a quarentena.

e-book
AMAZON / DIVULGAÇÃO
E-books da Cosac Naify entram na lista do Kindle Unlimited, ao todo são cerca de 140 novos títulos

Segundo um levantamento da Bookwire, que distribui e-books para cerca de 550 editoras no Brasil, o consumo de livros digitais deu um salto jamais visto no País. Entre meados de março e o início de abril, a empresa distribuiu 9,5 milhões de exemplares digitais, entre pagos e gratuitos. O número corresponde a 80% do volume comercializado durante todo o ano de 2019.

Esse crescimento exponencial está vinculado ao senso de oportunidade das editoras que passaram a disponibilizar e-books com preços muito reduzidos e até exemplares gratuitos. É possível conferir as ofertas e obras gratuitas na loja do Kindle aqui

Outra dica valiosa para quem deseja ler mais durante a quarentena é assinar o Prime, pacote de benefícios da Amazon . O plano, que custa R$ 9,90 por mês, tem como um dos destaques o Prime Reading, que dá acesso a diversos livros e a todas as revistas da editora Abril. Além do mais, assinantes dispõem de frete gratuito e ilimitado para todo o Brasil, além do Prime Video, plataforma de streaming de filmes e séries, e do Amazon Music. Clique aqui para assinar !

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários